Padrão

Eu tento. Eu me desvincilho dos seus caminhos dia a dia, busco fugir pra longe de onde você se estabelece, mas você insiste em permanecer nos meus caminhos. E quando eu voo pro infinito? Você é satélite. E quando eu vou ao sol? Você é nuvem. E quando conto estrelas? Você é infinitude. E quando sou eu? Você é você. Mas quando sou sonho…você é pesadelo. Porque?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s