Tu és grande.

Padrão

O futuro começa aqui, ou ali. A gente o faz agora. Nesse momento.

A cada segundo há um momento pra recomeçar, pra voltar atrás ou pra seguir em frente. Eu caí e achei que nunca mais iria me levantar, eu me reergui, retomei as rédeas dos meus caminhos e segui. E segui pra longe.

Eu fui forte em aguentar cada bordoada da vida, cada palavra que vem como flecha, cada olhar de reprovação e eu conseguir ir além do que eu queria, além do que desejava, além da expectativa alheia. Hoje eu consegui. E eu consegui um, dois, três ou mil sonhos infantis de uma vez só, porque a minha ambição é a de conseguir tudo o que eu julgo ser meu com ombridade, com fé e com justiça.

E eu fui justo. O mais justo dos injustiçados e ainda o sou e sempre serei, é a minha natureza. E minha natureza também faz de mim vencedor porque de onde vem minha força, também vem o meu aconchego, o meu carinho, a minha fé. E aqui estou, no pódio sendo aplaudido em pé, com as cortinas vermelhas se fechando e o público extasiado. Eu venci. Que novas histórias comecem no meu palco.

Que novos cenários sejam minunciosamente pensados, repensados e produzidos. Que o figurino esteja sempre intacto, que o texto esteja na ponta da língua e mais do que tudo isso: que eu consiga ser estrela na escuridão, que eu seja água na seca e sombra no deserto. Que eu seja eu e mais do que isso: que eu seja o meu sonho.

Venci, e que eu continue vencendo. É impossível ser feliz sozinho, vencer também. Obrigado universo, eu sou vencedor.

Tu és forte Philippe, tu és grande!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s