Canta-espanta.

Padrão

Bem-te-vi que fica na árvore só observando
Não faz nada, fica enquanto estou o alimentando.
Come Bem-te vi enquanto bem te vejo,
Come e canta com pequena alma de percevejo .
Se nas paredes, como aranha, tu não sobes
É porque eu sei: teu coração não é nobre
E rodeando-se de ouro, sei que ainda és pobre.
Voa bem-te-vi, bate as asas e sai da minha árvore,
No meu ombro também não te carrego mais.
Esse tronco, ainda te satisfaz?
Bem-te-vi tão privado,
Por tua causa eu fico irado!
Canta, canta e não encanta.
Fala, fala, não ouve e não lhe entendo
Decifra o canto Bem-te-vi!
A mocinha lhe espanta,
Mas é mais acomodado que planta!
Ah Bem-te-vi, sai daqui!
Se continua a cantar notas tortas,
Baterei em teu ninho tão forte quanto bato a porta,
e ah Bem-te-vi, ou canta direito…ou a moçoila te espanta!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s